Português
23 DE OUTUBRO DE 2018. POR MÁRIO SÉRGIO SANTOS

ABCZ Mulher participa de eventos para lideranças femininas, em SP

ABCZ Mulher participa de eventos para lideranças femininas, em SP

Membros da comissão ABCZ Mulher participam essa semana de dois importantes eventos para lideranças femininas, em São Paulo (SP). O primeiro deles foi nesta segunda-feira (22), promovido pela Sociedade Rural Brasileira (SRB). Trata-se do 2º Encontro de Lideranças Femininas, que reuniu representantes de todas as regiões brasileiras. O objetivo foi debater o futuro do agronegócio por meio da participação das mulheres e os jovens.

“Durante o encontro tivermos a oportunidade de falar para todas as participantes sobre o trabalho que temos desenvolvido com a ABCZ Mulher e o Zebu do Bem e, principalmente, dos resultados positivos que temos alcançado. Por mais que a importância da mulher no agronegócio tenha sido negligenciada por um tempo, eventos como esse, promovidos por entidades tão relevantes como a SRB, reafirmam que esse cenário está mudado e a ABCZ, também como entidade nacional, tem acompanhado isso. Nossos exemplos foram muito bem recebidos e elogiados”, ressalta Iara Marquez, presidente da ABCZ Mulher, que estava acompanhada da diretora de Relações Internacionais da entidade, Ana Cláudia Mendes Souza, e a gerente do Zebu.org e colaborada da ABCZ Mulher, Aryanna Sangiovani.

Iara destaca ainda a importância dos debates promovidos, que contaram com a participação de grandes nomes do setor como Teka Vendramini, diretora da SRB, e a ex-deputada e recém-eleita senadora por São Paulo, Mara Gabrilli, que tem despontado como grande incentivadora das mulheres envolvidas na cadeia produtiva do agronegócio.

Já nesta terça-feira (23), seguindo a programação da ABCZ Mulher na capital paulista, a comitiva participa do 3º Congresso Nacional de Mulheres do Agronegócio. O evento, que tem como tema ‘2030- o futuro agora, na prática’, reúne cerca 1.500 pessoas.

“Trata-se de mais um congresso muito importante para as mulheres do setor, principalmente por não tratar apenas de assuntos femininos ligados a produção rural. A programação propõe uma verdadeira imersão nos desafios do agronegócio, trazendo temas como clima, tecnologia e sucessão familiar. E são justamente esses debates amplos que precisamos. Sem levantar nenhum tipo de bandeira, não queremos, com a criação de comissões femininas, estabelecer uma separação do que é e o que não é papel da mulher no agronegócio. Muito pelo contrário! Temos inúmeros exemplos de mulheres que tocam sozinhas suas produções, e para isso precisamos estar contextualizadas em todos os processos e debates”, diz ela.

Vale ressaltar que a programação do 3° Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio segue até amanhã (24), e o evento possui chancela da Transamerica Expo Center, com apoio institucional da Associação Brasileira do Agronegócio (ABAG) e coordenação de conteúdo da empresa Biomarketing.

Tags:

ABCZ Mulher

Usamos Cookies para personalizar e melhorar a sua experiência em nosso site. Visite nossa Politica de Cookies para saber mais.

Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies.

Aceitar