Sobre o Colégio de Jurados

QUEM

Colégio de Jurados das Raças Zebuínas – CJRZ
A Associação Brasileira dos Criadores de Zebu – ABCZ, principal formadora de mão-de-obra especializada na área de seleção e melhoramento genético zebuíno, através da sua Superintendência Técnica Adjunta de Julgamento – SAJ, sob a supervisão da Superintendência Técnica – SUT, mantém o Colégio de Jurados das Raças Zebuínas – CJRZ. O CJRZ conta com aproximadamente 270 jurados efetivos, ativos; sendo profissionais altamente qualificados para garantir eficiência e confiabilidade em todos os julgamentos das raças zebuínas;

Colégio de Jurados das Raças Zebuínas – CJRZ, sucessor dos anteriores Colégio de Juizes – fundado em 19/08/1974 – conforme Ata 288ª da reunião da Diretoria da ABCZ; de Árbitros das Raças Zebuínas e Colégio de Jurados, teve seu regulamento homologado pelo Ministério da Agricultura, através da portaria nº 12 do Departamento Nacional de Produção Animal, Divisão para Animais de Grande Porte, de 18 de dezembro de 1974. Funciona junto ao Serviço de Registro Genealógico das Raças Zebuínas – SRGRZ da ABCZ, onde tem sua sede.

JUSTIFICATIVA

Necessidade de colaborar com a ABCZ, como um todo, para fazer cumprir seus princípios éticos:

  1. Congregar, representar e defender os interesses da pecuária;
  2. Atender às necessidades dos criadores, oferecendo serviços de qualidade;
  3. Ter postura ética nas prestações de serviços e nos relacionamentos;
  4. Buscar o aprimoramento constante, através de novas tecnologias.

OBJETIVO GERAL

Traçar diretrizes para aperfeiçoar os critérios de julgamento das raças zebuínas, padronizando-os e normatizando-os, nas atividades que demandam a homologação de exposições e credenciamento de jurados, contribuindo para que o melhoramento e seleção ocorram com eficiência e ética.

Buscando a melhoria contínua na sua prestação dos serviços, o CJRZ atende os selecionadores, expositores ou não, profissionais e estudantes de ciências agrárias, estabelecendo metas e objetivos, voltados a uma permanente revisão dos critérios de seleção com vistas a orientar o sistema de julgamento. Destaque para a nobre missão de formar novos jurados.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  1. Procura demonstrar aos Técnicos, aos selecionadores e aos Criadores de Zebuínos que com a evolução tecnológica nas áreas de melhoramento, alimentação etc. a escolha do melhor animal em pista não significa escolher o melhor indivíduo só do ponto de vista racial, mas o animal com as melhores características produtivas, sem defeitos funcionais e de maior eficiência.
  2. Regulamentar e gerenciar os julgamentos através de um sistema operacional dinâmico, interativo, com autocrítica, ético, tecnicamente consistente e capaz de transferir novos conhecimentos a todos seus integrantes: Jurados, Associações e Criadores.

COMO?

  1. São mais de quatro décadas que o CJRZ mantém atividades oficializadas pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. As exposições realizadas com o quadro de jurados homologados pela ABCZ ganham em credibilidade, tanto, que a entidade rompe fronteiras e é referência mundial na formação desses profissionais que avaliam de forma altamente técnica o tipo as qualidades fenotípicas dos animais.
  2. A SAJ através do CJRZ além de formar jurados, sob a supervisão da SUT, desenvolve uma série de atividades, na organização dos cursos que vão desde a concepção, preparação, execução, pesquisa de satisfação, análise crítica, controle e prestação de contas e orienta promotores de eventos sobre a metodologia de julgamento e forma de escolha de jurados, entre outras atividades relacionadas.
  3. Os cursos ministrados são: de Noções em Morfologia e Julgamento de Zebuínos de Corte e Leite, Doma, Manejo, Casqueamento, seminários de capacitação e encontros técnicos, visando credenciar novos jurados auxiliares, orientar criadores, capatazes, assessores, tratadores, estudantes, familiares de criadores, profissionais das ciências agrárias, jornalistas do setor, etc. Modalidades avançadas de capacitação também são oferecidas aos jurados através de curso de especialização, em parceria com a FAZU – Faculdades Associadas de Uberaba.

PARA QUEM

Quadro de Jurados da ABCZ: Para aqueles profissionais interessados em ingressar na carreira de jurados, e que cumprir os Requisitos para os jurados auxiliares: fazer o Curso de Noções em Morfologia e Julgamento de Zebuínos e estar cursando ou já ter cursado o 6º período das áreas das Ciências Agrárias: Zootecnia, Agronomia e/ou Medicina Veterinária. Requisitos para se tornar jurados efetivos: terem concluído um dos cursos acima mencionados, cumprido o estágio pré-definido como jurados auxiliares, ser avaliados pelo Departamento de Julgamento das Raças Zebuínas e estar devidamente inscritos no Conselho Regional da sua área.

Capacitação e Treinamento: Para todo e qualquer interessado (a) nos cursos mencionados no item anterior.

Imagens e vídeos

Usamos Cookies para personalizar e melhorar a sua experiência em nosso site. Visite nossa Politica de Cookies para saber mais.

Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies.

Aceitar