17 DE NOVEMBRO DE 2021. POR KELLE MONIK

PMGZ e PMGZ Comercial consolidam-se no estado do Mato Grosso

PMGZ e PMGZ Comercial consolidam-se no estado do Mato Grosso

Com o maior rebanho bovino de corte do país, o estado do Mato Grosso consolida os programas PMGZ e PMGZ Comercial da ABCZ como importante ferramenta para o melhoramento genético

Como referência ao ditado que “genética não tem fronteiras” os programas de melhoramento genético da ABCZ avançam com solidez pelo estado do Mato Grosso. O estado que possui o maior rebanho bovino do Brasil contribui significativamente para os recordes de adesão ao PMGZ e PMGZ Comercial. Conforme relatado em edições anteriores em 2021, alcançou-se recordes expressivos, ultrapassando os mais de 300% de crescimento em número de criadores e mais de 200% em número de matrizes que aderiram ao PMGZ e PMGZ Comercial em relação a 2020, em todo Brasil.

O “pontapé inicial” do PMGZ comercial em Mato Grosso ocorreu na Fazenda Sarandi, localizada no município de Tapurah, propriedade de Mauricio Zuffo e Rayf Tirloni, onde foram classificadas aproximadamente 500 matrizes que adentraram ao programa.

O trabalho de classificação inicial das matrizes foi realizado pelo técnico de campo da ABCZ Luis Gustavo Wenzel. As matrizes foram classificadas em 4 grupos (A, B, C e D), onde as “A” receberam o registro de PA (Pura por Avaliação), as “B” e “C” adentram ao PMGZ comercial e as “D” são apartadas para futuro descarte.

Segundo Rayf Tirloni, o que despertou nele o interesse em se associar a ABCZ, foi a intenção em formar um rebanho Nelore registrado. E ao conhecer o PMGZ comercial, enxergou o potencial das avaliações genéticas de todas matrizes, em lhe fornecer ferramentas para tomada de decisões, logo decidiu aderir ao PMGZ PO e PMGZ Comercial.

“O trabalho do técnico, que fez questão de destacar todos pontos positivos e negativos de cada matriz durante a avaliação fenotípica, treinou meus olhos, e me fez começar a olhar para os animais com mais critérios de avaliação.” Acrescenta Rayf.

A segunda propriedade aderiu ao PMGZ Comercial no MT esse ano, foi a fazenda JA, com aproximadamente 600 matrizes, localizada em Várzea Grande, de José Gonçalo de Souza e André Marques, seu filho.

“O PMGZ foi a ferramenta que escolhi para fazer o melhoramento genético de nosso rebanho, a fim de agregar valor e aumentar produtividade, com a formação de um núcleo registrado, e aumento do peso a desmama por exemplo. Os netos das matrizes registradas PA terão a possibilidade de serem registrados no PO; e através dos acasalamentos dirigidos produziremos bezerras melhores para reposição, e esperamos desmamar bezerros comerciais mais pesados, consequentemente mais valorizados” explica André.

“Nossa propriedade está localizada na Baixada Cuiabana, onde os desafios com clima e qualidade de solo são enormes, daí o interesse em buscar animais mais eficientes e de valor agregado”, acrescenta André.

A Fazenda Santana, localizada em Sorriso - MT, propriedade de Thiago M. M. Fachiano, é mais um exemplo de fazenda de cria que buscou a ABCZ e o programa PMGZ. Visando conhecer suas matrizes, produzir animais de valor agregado, mais eficientes e produtivos.

Localizada no município que é o maior produtor de milho do Brasil e, um dos maiores produtores de soja, já trabalha com integração lavoura pecuária, e busca constantemente fazer a pecuária de cria mais competitiva possível, para conseguir continuar andando junto com a agricultura altamente tecnológica e produtiva.

Luís Gustavo Wenzel, técnico de campo da ABCZ, que já classificou mais de 3000 matrizes para o PMGZ esse ano no MT; destaca que: “O investimento em melhoramento Genético, associado a nutrição e sanidade, formam o “tripé” fundamental para evolução da pecuária nacional. A bovinocultura de corte, a cada dia, tem que tornar-se mais eficiente e competitiva frente a agricultura, que evolui tecnologicamente em velocidade espantosa”.

“Participar dessa evolução da pecuária, e ver a satisfação do criador ao observar os lotes apartados após as avaliações fenotípicas, e a evolução do seu rebanho, me trazem uma grande realização profissional,” comenta Gustavo Wenzel.

“Observamos que os programas da ABCZ atendem a todas as necessidades dos pecuaristas em conhecer e melhorar continuadamente os índices zootécnicos e genéticos do seu rebanho. Esse crescimento a passos largos no estado do Mato Grosso comprovam que o tanto o PMGZ quanto o PMGZ Comercial atendem a esta necessidade. A sinergia entre a equipe técnica e a de fomento da entidade junto com os criadores catalisam todo esse processo. Para o melhoramento o seu é o limite” ressalta Ricardo Abreu – gerente de fomento dos programas de melhoramento genético da ABCZ.

Através de exemplos como esses, a ABCZ, com força total no CamPO, tem feito do PMGZ, o maior e mais consistente programa de melhoramento genético zebuíno do Brasil e do mundo. Venha fazer parte conosco.

​​​​​​​

Usamos Cookies para personalizar e melhorar a sua experiência em nosso site. Visite nossa Politica de Cookies para saber mais.

Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies.

Aceitar