Português
30 DE AGOSTO DE 2022. POR MÁRIO SÉRGIO SANTOS

Mais de R$63 milhões são movimentados durante a ExpoGenética

Mais de R$63 milhões são movimentados durante a ExpoGenética

15ª edição da feira supera as expectativas e reforça posicionamento como maior evento técnico da genética zebuína no mundo.

A promessa era de uma feira 3 em 1, onde os três anos da atual gestão seriam celebrados na primeira ExpoGenética presencial do período. Mas o evento foi além! Superou as expectativas em todos os sentidos, e reforçou o status de maior encontro técnico da genética zebuína no mundo, promovendo importantes avanços para o setor. Na agenda comercial, as cifras alcançadas também comprovam a relevância da temporada e a importância da ‘chancela ABCZ’ na promoção de negócios. É a ExpoGenética 2022 que entra para a história como a feira da retomada e do sucesso.
“A sensação é de missão cumprida com os mais de 24 mil associados que representamos e com todo o setor produtivo que é impactado pelos nossos eventos. Encerramos a ExpoGenética 2022 comprovando a nossa força e a nossa capacidade de criar e prosperar, seja em períodos de crise ou de retomada. Da primeira feira da nossa gestão a essa, mostramos a relevância do Zebu e nossa força para o trabalho. Mais que celebrar os resultados, quero agradecer a todos os associados, membros da diretoria, colaboradores, parceiros e patrocinadores, com quem juntos temos construído verdadeiramente uma ABCZ com Força Total no CamPO”, comemora Rivaldo Machado Borges Júnior, presidente da ABCZ.

Entre os destaques da edição, Rivaldo Júnior ressalta a grande programação técnica que, por meio de painéis, workshops e lançamentos, debateu e apresentou os novos passos do melhoramento genético. Entre eles, o Workshop Integra Zebu, que reuniu mais de 100 pesquisadores e técnicos de instituições de assistência e extensão rural de diferentes estados do país, e uma nova edição da ‘Avaliação Genética Nacional das Raças Zebuínas PMGZ/ Geneplus’. O documento, desenvolvido pela ABCZ e Embrapa, reúne dados de 16.346.142 animais das raças Brahman, Gir, Guzerá, Indubrasil, Nelore, Sindi e Tabapuã. As avaliações foram processadas com a utilização de mais de 20.5 milhões de fenótipos e de mais 234.213 animais genotipados.

Outro ponto de destaque na edição é a movimentação financeira, que superou a expectativa inicial e já alcançou cerca de R$63 milhões em negociações. O valor inclui R$47.764.862,00 registrados nos 19 leilões da temporada, além das outras comercializações promovidas durante a feira nos estandes comerciais no Parque. “Nossa previsão já era bastante otimista, considerando, inclusive, que na última edição presencial foram movimentados cerca de R$35 milhões. Com a movimentação de agora, subimos consideravelmente esse valor que irá crescer ainda mais, até mesmo porque ainda há o fechamento do shopping de animais promovido nesta temporada, além do impacto financeiro indireto da feira que não é possível mensurar. Tudo isso é mais uma comprovação do nosso sucesso!”, complementa Rivaldo Júnior.

No que se refere a programação internacional, a feira foi marcada por novidades. Entre elas, a criação de um podcast, com tradução para inglês e espanhol. Ainda em destaque, uma sequência de lives comerciais divulgou produtos e serviços de empresas participantes do Brazilian Cattle, além de uma rodada de negócios virtual, que ampliou ainda mais as possibilidades entre os fornecedores do Brasil e consumidores de todos os continentes.

E por falar em possibilidades, os novos protagonistas do melhoramento genético da pecuária zebuína foram conhecidos durante a feira. É o PNAT 2022, que após os tradicionais e eficientes filtros, elencou 23 animais das raças Brahman, Guzerá, Nelore, Nelore Mocho, Sindi e Tabapuã. Seguindo a proposta do programa, a partir de agora o material genético de todos esses animais será encaminhado a rebanhos colaboradores, para a comprovação prática da superioridade apontada em todas as etapas anteriores da prova.

Ainda na lista de anúncios importantes realizados na feira estão os resultados da 2ª edição do Zebu: Carne de Qualidade. Nesta edição, 106 animais das raças Brahman, Guzerá, Sindi e Tabapuã participaram de todas as fases de avaliação, tendo a prova sido realizada ao longo de 300 dias. Segundo o professor Sérgio Pflanzer da Unicamp, que apresentou os resultados, as quatro raças zebuínas que participaram das provas tiveram mais de 60% de aproveitamento de carcaça, ou seja, um rendimento de carne considerado satisfatório pelo mercado, além de valores elevados de capa de gordura e maciez. Os resultados completos estão disponíveis no site da ABCZ.

Uma programação específica para as mulheres rurais também marcou a feira. Trazendo temas como liderança, capacitação e cooperação no agronegócio, o ‘5º Encontro ABCZ Mulher’ reuniu mais de 650 participantes no Centro de Eventos da ABCZ. Na programação do evento, uma palestra com o cantor Léo Chaves, além de um painel com importantes lideranças femininas do setor, incluindo a presidente da ABCZ Mulher, Rosália Curado Machado. Vale destacar que além do conteúdo informativo, o evento teve caráter social já que o ingresso para participação foi trocado por litros de óleo, somando mais de mil litros arrecadados, que a partir de agora serão destinados a instituições filantrópicas da cidade que estão cadastradas na comissão ABCZ do Bem.

E para orientar o público da feira em meio a tantas novidades, um novo aplicativo da ABCZ foi lançado. Trata-se do ‘Zebu Experience’, inspirado na mesma tecnologia americana usada nos grandes parques internacionais de entretenimento, lazer e cultura. Tendo a feira como o start do novo aplicativo, a partir de agora a plataforma continua em operação, divulgando o trabalho da maior entidade mundial das raças zebuínas. E para quem não estava no Parque Fernando Costa, toda a programação técnica da feira foi transmitida ao vivo pela ABCZ TV, em mais uma conexão sem fronteiras com o público do setor. Para se ter ideia do alcance, ao longo da ExpoGenética 2022 foram cerca de 70 horas de transmissões ao vivo, somando mais de 103.7 mil visualizações no canal da entidade, de diferentes países das Américas, África, Ásia e Europa.

Importante ressaltar ainda que na lista de destaques desta edição estão também a entrega do Mérito ExpoGenética para 17 personalidades do setor, uma nova edição dos projetos Zebu na Escola e Zebu na Universidade, e o Circuito Jazz na Cozinha, que valorizou a carne e o leite de Zebu.


PMGZ
Crescimento e reconhecimento internacional são destaques na feira


Entre os importantes anúncios realizados durante a ExpoGenética 2022, o crescimento exponencial do PMGZ nos últimos meses também foi um dos destaques. Segundo levantamento realizado pela equipe de Fomento do programa, entre janeiro de 2020 e julho de 2022 foi registrada a adesão de 106.283 novas matrizes Zebu PO, oriundas de 1.024 criadores.

Para se ter ideia da importância desses números, atualmente o programa conta com cerca de 355.4 mil matrizes ativas de mais de 2 mil criadores de todos os estados, sendo que o crescimento nas adesões foi de 65%, no que se refere a quantidade de animais, e 86% no número de pecuaristas, registrado justamente nesse período. Vale destacar que no que se refere ao PMGZ Comercial, atualmente são mais de 35 mil fêmeas participantes em nove estados da Federação.

Além do crescimento, os resultados de uma auditoria internacional sobre as ferramentas e processos desenvolvidos pelo PMGZ, realizada pela Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos, também foram divulgados na feira.
Para o trabalho, uma série de informações sobre os processos avaliativos do PMGZ foi disponibilizada para a universidade, sendo que a partir dessas informações, e de dados complementares que a equipe da instituição americana já tinha, em função de parceria anterior para a implantação do PMGZ Genômica, uma análise criteriosa e atualizada foi desenvolvida. Ao todo, o trabalho durou cerca de 17 meses. 

Liderada pela pesquisadora e professora da Universidade da Geórgia, Daniela Lourenço, que é doutora em genética e melhoramento animal, a auditoria externa destacou, entre outros pontos, o reconhecimento de que ‘as predições de valores genéticos para as características de crescimento, maternas, reprodutivas e de carcaça avaliadas pelo PMGZ são tão acuradas quanto se espera de uma avaliação de tal natureza, sendo possível comparar os resultados observados na auditoria com aqueles obtidos nos mais relevantes e representativos programas de melhoramento genético de bovinos do mundo’. 

A auditoria ressaltou ainda a relevância do projeto Genômica desenvolvido pela ABCZ, destacando que ‘a inclusão da genômica via metodologia Single-Step possibilitou aumentar consideravelmente a acurácia dos valores genéticos preditos ao comparar com a avaliação tradicional’. 
 

Usamos Cookies para personalizar e melhorar a sua experiência em nosso site. Visite nossa Politica de Cookies para saber mais.

Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies.

Aceitar